19/05/2017 09:05

Após denúncia, Polícia Civil investiga venda de recém-nascido em Sarandi

bebe1

Fotos: Theddy Gonçalves

A Polícia Civil de Maringá abriu inquérito para investigar o caso da venda de um recém-nascido em Sarandi após receber uma denúncia na noite de quinta-feira (18). Os envolvidos foram encontrados, e as versões da história foram várias.

Segundo informações repassadas à polícia e ao conselho tutelar, uma mulher de Sarandi teria negociado a venda de um bebê com um casal de Maringá. Ainda de acordo com a denúncia, a criança teria sido vendida por R$ 1.600,00.

Chegando no local, a mulher denunciada contou outra versão. Ela informou que teve a filha raptada por um casal de Maringá.

O conselho tutelar conseguiu contato com o homem e de novo, a história mudou. Segundo ele, foi procurado pela mãe da criança que alegou que ele seria o pai, por isso decidiu junto com a esposa pegar o bebê para criar.

Ambas as partes foram ouvidas e abriu-se um inquérito para descobrir o que de fato aconteceu. A criança recém-nascida foi encaminhada para um abrigo até que o caso seja resolvido.

Da redação